Meu Camaro amarelo?

Gastar centenas de milhares de reais num SS, Sertanejo Sport, para que a minha liberdade tenha o direito de ficar presa no engarrafamento da cidade grande e, na estrada, conviver com o malicioso, ciumento e redundante perigo de ter a roda destruída por um buraco?

Vaidade por vaidade, ainda que meus pés sejam grandes, mas minhas mãos sejam pequenas, pelo menos o tamanho do meu nariz assusta. Se você achou a frase anterior vulgar, saiba que comprar um carro para estar com uma mulher que se vende de graça é pagar pela prostituição da falsidade. Se você achou a frase anterior moralista, saiba que os dados marcados num cartão de crédito dentro de um buquê não são mais sedutores que palavras escritas à mão num cartão romântico. Se você achou a frase anterior ingênua, saiba que o melhor lugar para escrever poesia não é num pedaço de papel, e sim no coração de uma mulher verdadeira. E se você, assim como eu, é um verdadeiro pé-de-chinelo, não se preocupe, pois é só se lembrar de que o melhor lugar para estar com uma mulher não é dentro de um carro, e sim ao lado dela, e o melhor momento não é durante uma carona, e sim para sempre.

PS: Se você ficou olhando mais para a anatomia de quem segura o meu chinelo amarelo que para o próprio chinelo, saiba quê, aliás, não queira saber quanto tempo demorei para escrever este texto. E não me pergunte onde fui buscar inspiração. Se você, mulher, acabou de ler a frase anterior e sorriu, saiba que a imperfeição e a contradição das palavras masculinas têm nele, sim, no seu sorriso, o gesto de perdão que todos nós, homens, desejamos conquistar. Agora, se você ficou olhando mais para a paisagem ou tentando imaginar de que tecido é feito o biquíni, será que isto quer dizer que o seu Camaro é cor-de-rosa?

Anúncios

11 comentários sobre “Meu Camaro amarelo?

  1. Cada coisa escrita por você que eu leio, mais aumenta minha admiração.
    Há algo em mim que se prende em alguns pequenos detalhes, que me encantam.
    Acho seu humor maravilhoso!
    Eu não sei me conter muito; quando gosto de uma coisa ou de alguém, eu tenho que falar.
    Não sei nada sobre você e não há nada aqui no seu blog.
    Você é das raras pessoas com quem eu adoraria poder conversar.
    Um ótimo final de noite!

    Curtido por 1 pessoa

Grato por seu comentário.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s