O Enterro

Despedida virtual e virtuosa de coisas e criaturas que deveriam enfeitar uma exposição biográfica sobre o arrependimento.

“Se prestasse, saudade teria nome em inglês.” (Chico Anysio)


Minha revista favorita de política.


Meu manual de ética e etiqueta.


 

Meu teólogo predileto.


Obra sublime de autoajuda e pacifismo.


Livro encantador de contos infantis.


Minha mamadeira.


CD gospel da minha antiga religião, que quase não gosta de imagens.


Uma das liras de um dos hinos do CD gospel, “Paradise City”.


Não é recomendável, depois de voltar de Hollywood, ir à Terra de Marlboro.


Meu bravo companheiro de boemia.


(Uma das) Minha(s) ex-sogra(s).


Minha velha língua.

Anúncios

6 comentários sobre “O Enterro

Grato por seu comentário.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s